Uma Missão Comum a Todos: O Movimento Sem Lixo!

O Movimento Sem Palhinhas e a Planetiers juntaram-se com uma missão em comum!

Decidimos avançar com uma iniciativa de limpeza e auditoria de marca "Story of Stuff" (“A história das Coisas”) na cidade de Lisboa, nos dias 13 e 14 de Setembro. 

O que é uma auditoria de Marca “Story of Stuff”

É uma acção de limpeza internacional (realizada em vários pontos do globo ao mesmo tempo), no decorrer da qual se separa o lixo, reciclando todos os materiais que podem ser reciclados (vidro, papel, embalagens, etc.) e inventariando/identificando todos os materiais de plástico de acordo com:

  • Marca;
  • Tipo de produto (produtos do lar, embalagens de comida ou de cuidado pessoal);
  • Tipo de plástico (PET (1), PEAD (2), PVC (3), PP (5), PS (6), MC (múltipla camada), CS (camada simples), Outros).

A intenção desta iniciativa é responsabilizar também as marcas pelas embalagens que usam e que acabam por poluir os nossos mares e oceanos, lagos e rios, florestas, cidades, estradas… e apelar ao seu bom senso, inspirando-os a criarem alternativas mais amigas do ambiente

Após recolha e separação do lixo, identificam-se várias marcas com fotos das suas embalagens nas redes sociais, fazendo a seguinte pergunta: “Marca X, encontrámos Y. Este lixo é vosso? Juntem-se a nós no combate à poluição de plástico no Planeta!” 🙏🌍

O nosso local de acção

Queríamos fazer a diferença e ter um impacto verdadeiramente positivo na comunidade local. Em Alvalade, sentíamos que havia algum trabalho a fazer mas decidimos ir mais além e partilhar a ideia em grupos ambientalistas do facebook para ficar com uma ideia mais abrangente do problema. 

Foi com grande tristeza que a partilha recebeu numerosos comentários preocupados com o lixo que se acumula um pouco por toda a cidade, em vários locais e vários bairros.  

Lixo plástico espalhado no chão no cais da Viscondessa Lisboa

Entretanto juntamo-nos à Planetiers, numa preocupação para com a acumulação de lixo que ocorre todas as noites à beira do rio Tejo em Santos, junto a algumas discotecas.

Por ser uma zona de alto risco de poluição marinha (o plástico ali abandonado todas as noites após as festas fica à mercê do vento e tem uma enorme probabilidade de voar para o rio que desagua no Mar) decidimos marcar a nossa acção nesse mesmo local, aproveitando ainda no dia anterior para limpar a rua da Boavista, em Santos também, sugestão de uma querida voluntária que quis ajudar. 

Apanhámos muito lixo

Lixo apanhado no cais da Viscondessa em Santos pelo Movimento sem Palhinhas
Em 2h30min, repartidas pelos dois dias, apanhámos 116 copos, 65 garrafas, 156 palhinhas e 359 diversos objectos de plástico! E muito lixo ficou por apanhar e sobretudo por separar. 

Deixamos aqui todos os resultados do nosso movimento.

Resultados da Auditoria de Marca ao lixo encontrado no Cais da Viscondessa em Lisboa

Marcas com mais lixo encontrado no Urban beach

Segundo um estudo de um movimento ambientalista, e após a limpeza de mares em 42 países, a maioria dos plásticos provêm de empresas multinacionais como a Coca Cola, Pepsi e Nestlé. Estas iniciativas estão cada vez mais a ser postas em prática, não só no nosso país mas também em várias partes do mundo. [Consulta aqui a notícia] 

Nesta manhã de limpezas, tivemos a oportunidade de falar com um senhor que realiza as limpezas habitualmente no local: partilhou que não faz a separação do lixo e que, em dias de vento, àquela hora (por volta das 11h da manhã, já algumas horas após o fecho das discotecas) já muito lixo voou para o rio! 

Esta situação ocorre ali há já muito tempo, com conhecimento por parte das discotecas locais (K- Urban Beach e Lust in Rio). 

Perspectivas de solução

Precisamos de unir esforços. A contribuição de todos é fundamental. Iremos contactar a CMLisboa, a Junta de freguesia e as discotecas expondo a situação e partilhando os nossos resultados. Porém, precisaremos de mais vozes, voluntários e ideias alternativas inovadoras!

Gostarias de ajudar? Juntos iremos encontrar novas soluções. 

Estas iniciativas são bastante importantes para todos nós, para o planeta e para os locais onde vivemos. Toda a ajuda é sempre bem recebida, este género de movimentos é bastante importante. 

Se queres fazer parte deste movimento entra em contacto connosco, nas nossas redes sociais, Facebook ou Instagram. 

Este artigo foi escrito pela Inês Gonçalves, membro do Movimento Sem Palhinhas, que tem como objectivo criar uma comunidade e sensibilizar todos com pequenos gestos, dicas e eventos de cariz solidário que possam fazer diferença no nosso planeta. Ainda não os conheces?

Fica a par de tudo sobre o Movimento #SemPalhinhas no site 💚.

PRODUTOS NA LOJA PLANETIERS:

Deixa-nos um comentário

Nome .
.
Mensagem .

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos