Reciclar os Óleos Alimentares é possível! Vem conhecer a história da Greatest Candle in the World


Falámos com o Rui Monteiro, CEO da Greatest Candle in the World, uma empresa portuguesa que utiliza uma tecnologia inovadora e sustentável: reciclar óleo alimentar usado e transformá-lo em bonitas e elegantes velas decorativas 100% ecológicas.

PLANETIERS: Sempre tiveste a certeza que querias trabalhar nesta área? Fala-nos um pouco sobre o teu percurso.

RUI MONTEIRO: Não!!! Desenvolvi a minha carreira profissional na área de inovação e desenvolvimento de novos produtos/serviços na indústria das telecomunicações e sistemas de informação. Em conversa com amigos descobri os impactos dos resíduos dos óleos alimentares usados no ambiente (1L de óleo vegetal polui 1.000 L de água).
Como sou surfista e ao longo da minha vida passei tanto tempo dentro de água como fora dela, fiquei naturalmente muito interessado em perceber qual poderia ser a solução para acabar com este problema dado que até aquele momento não havia uma solução efetiva. Quanto mais pensava sobre este tema, mais força ganhava uma convicção pessoal que os resíduos deveriam ser, com as ferramentas certas e a motivação adequada, valorizados no local onde são gerados. Comecei então a trabalhar com um grupo de amigos em possíveis soluções para este problema. 

De todas as várias possibilidades analisadas, considerando a oportunidade de negócio, o processo de transformação e também o comportamento do consumidor, as velas foram, sem dúvida, a solução que melhor respondeu aos requisitos para o desenvolvimento do projeto. Para além do valor do mercado, que a nível global foi avaliado em US$ 7,5 biliões em 2016 (e estima-se que até 2025 deve chegar a US$ 11,70 biliões), sempre que pensamos em velas a primeira coisa que nos vem à cabeça são coisas positivas e a ideia de um ambiente agradável.

Outra vantagem é que a quantidade de resíduos de óleo alimentar gerado por cada família é suficiente para fazer a quantidade de velas que um consumidor médio consome, sendo o processo para fazer uma vela muito simples, rápido, limpo e seguro. Por todas estas razões, decidimos que as velas eram sem dúvida um produto que poderia funcionar como a motivação certa para fazer os consumidores olhar para este resíduo de outra forma.

Greatest Candle in the World reciclar óleos alimentares usados Rui Monteiro

Começámos depois a trabalhar na implementação e funding do projeto e em 2 anos desenvolvemos a propriedade intelectual que foi posteriormente registada internacionalmente - os primeiros produtos comerciais, a marca, a oferta comercial e angariámos investidores para o lançamento comercial do projeto. Hoje, para além de Portugal, já estamos presentes em França, Itália, Espanha, República Checa, Escandinávia e Eslovénia.
Estamos muito satisfeitos com os resultados alcançados nestes primeiros 3 anos do projeto. Não só conseguimos desenvolver um produto que tem uma performance ao nível dos produtos tradicionais já existentes, como também impede a contaminação do meio ambiente, é seguro para a saúde do consumidor, é altamente valorizado pelos consumidores e está naturalmente associado com o bem-estar dos seus utilizadores. Desde o lançamento comercial dos nossos produtos já prevenimos a contaminação de mais de 60.000.000 L de água.

PLANETIERS: Qual a principal missão da Greatest Candle in the World?

RUI MONTEIRO: A missão da The Greatest Candle In The World é fazer as pessoas apaixonarem-se pelo seu lixo materializando uma verdadeira economia circular, desenvolver produtos inovadores responsáveis e sustentáveis que transformam os resíduos, onde são gerados, em produtos que os consumidores desejam e que proporcionem uma experiência fantástica, limpa, simples e orientada. Queremos criar um bom ambiente dentro e fora de casa.

Greatest Candle in the World Velas feitas com óleos alimentares

PLANETIERS: Quais foram os principais desafios que encontraram na expansão do projeto?

RUI MONTEIRO: Os nossos maiores desafios estão do lado do consumidor nomeadamente no que respeita ao nível de conhecimento que têm sobre o impacto dos resíduos dos óleos alimentares no ambiente e no seu comportamento relativamente aos resíduos em geral. 
Com o desenvolvimento do projeto percebemos que o nível de conhecimento que o consumidor tem sobre este problema é quase nulo. De momento, a maioria da população mundial desconhece os impactos dos seus comportamentos relativos aos resíduos dos óleos alimentares. Logo, quando informamos que 1 L de óleo polui 1.000L de água ninguém, sem exceção, fica indiferente a esta questão. O consumidor nunca foi confrontado com esta oportunidade de se responsabilizar pelos seus resíduos e poder transformá-lo num produto novo, útil e proporcionar uma experiência agradável.
Este contexto implica um grande trabalho de sensibilização e esclarecimento do consumidor, e, para isso, desenvolvemos um projeto educativo em parceria com a SOVENA em que vamos às escolas ensinar e sensibilizar as crianças para os impactos dos resíduos dos óleos alimentares, e ensiná-los como atuar perante este resíduo.  

 Greatest Candle in the World Velas feitas com óleos alimentares usados

Gostaram da ideia? Agora podemos dar uma nova vida ao óleo que utilizamos lá em casa e criar velas ecológicas 😉

Deixamos-te algumas sugestões: Se és um aventureiro e gostas de experimentar coisas novas, o KIT de Iniciação para criares as tuas próprias velas é o ideal para ti.
Se preferires comprar as velas já produzidas, são várias as velas 100% ecológicas disponíveis, e com vários aromas!
PRODUTOS NA LOJA PLANETIERS:
Kit de Velas, do It Youself- aqui
Pavios para Velas Ecológicas- aqui
Kit Pó para Velas- aqui
Kit Essencial faz as tuas velas- aqui

Deixe um comentário


Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos