Palhinhas Biodegradáveis, Comestíveis e sem Açúcar | Novidade da Semana

É provável que já tenhas reparado que vários estabelecimentos deixaram de vender palhinhas de plástico: e não é só por moda que novas alternativas começam a aparecer no mercado.

Segundo o biólogo Gonçalo Calado, estima-se que em 2050 haja mais biomassa de plástico nos nossos mares do que espécies marinhas.

Uma palhinha de plástico passa cerca de 4 minutos na nossa boca e mais de 400 anos até ser absorvida pela natureza.

Preocupas-te com o Planeta mas não consegues dizer não à habitual palhinha na tua bebida? Se esse é o teu caso, existem sempre soluções.

Hoje apresentamos-te as Palhinhas Ecológicas Superhalm, da Solitud.  100% biodegradável, esta palhinha é vegan e, além do mais, comestível! 

Feita de bagaço de maçã, um resíduo resultante da produção de sumo de maçã, esta é uma excelente e deliciosa alternativa, amiga do ambiente.

Palhinha Comestível - Solitud Palhinha Comestível - Solitud

 

Desconfias da estabilidade das palhinhas comestíveis? As Palhinhas biodegradáveis Superhalm mantêm a sua forma durante muito tempo: em média, 15 minutos em bebidas quentes, 1 hora em água e 2 horas em bebidas alcoólicas.

Se os níveis de açúcar que consomes são uma preocupação, podes usar esta palhinha biodegradável à vontade: foi criada sem qualquer adição de açúcar!

Porque temos de acabar com as palhinhas de plástico?

A maioria do lixo que produzimos está a ser depositado nos oceanos, através do vento, do movimento dos rios e da grande quantidade que é descartada diretamente no mar.

Por serem demasiado leves, as palhinhas de plástico voam com facilidade e poluem as zonas hidrográficas. São também facilmente confundidas com alimento pelas espécies aquáticas e acabam nos estômagos de tartarugas e aves marinhas, que entretanto absorveram as suas substâncias tóxicas.

Em 2017, a Quercus estimou que, só em restaurantes portugueses, o consumo anual de palhinhas chegava a 1 bilião

A questão da reciclagem continua a ser tema de confusão. Apesar de terem um potencial reciclável, a Sociedade Ponto Verde defende que as palhinhas de plástico NÃO DEVEM ser colocadas no ecoponto amarelo - estando, à partida, impedidas de atingir esse fim. 

Se queres saber mais sobre o impacto negativo das palhinhas de plástico, temos um artigo para ti. :) 

Solitud - Cofinanciamento

Podes garantir que as Palhinhas Biodegradáveis Superhalm não vão contribuir para o problema do plástico nos oceanos. A Soditud converte o descartável em conteúdo sustentável e amigo do ambiente, para que não tenhas de alterar os teus hábitos.

 

Queres saber mais sobre este produto trendy e sustentável? Encontra as tuas Palhinhas Ecológicas Superhalm aqui.

1 comentário

  • Boa tarde
    Há algum espaço físico onde possa encontrar os vossos produtos, nomeadamente as palhinhas?
    Cumprimentos

    Diana

Deixa-nos um comentário

Nome .
.
Mensagem .

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos


Artigos Relacionados

5 Sabonetes Naturais Portugueses Que Tens de Conhecer
5 Sabonetes Naturais Portugueses Que Tens de Conhecer
Sabias que os sabonetes em barra podem podem poupar a tua carteira e o Planeta? Descobre aqui alguns
Ler Mais
A Beesweet Conta-te Tudo Sobre a Importância das Abelhas
A Beesweet Conta-te Tudo Sobre a Importância das Abelhas
A Beesweet comemora o Dia Mundial das Abelhas e diz-te tudo o que precisas de saber para salvar esta
Ler Mais
Novidade - Chocolate Negro 72% Cacau - Amor de Chocolate
Novidade - Chocolate Negro 72% Cacau - Amor de Chocolate
Já provaste chocolate sustentável? Conhece os benefícios do Chocolate Negro 72% Cacau da Amor de Cho
Ler Mais